DA BESTE OF

Este blog é um "Best Of" do que foi publicado originalmente no Citizen Zuko. (www.citizenzuko.bogs.sapo.pt)

A minha foto
Nome:
Localização: Portugal

The One and Only

Free Hit Counters
Counter

Powered by Blogger


referer referrer referers referrers http_referer

quinta-feira, junho 29, 2006

O Patriota

Eu acho que Portugal devia ser governado por estrangeiros!

Reparem no seguinte: O Governo acaba de lançar um pacote de medidas destinadas a matar o “monstro” do déficit, parecido ao que há 3 anos foi adoptado – pelo menos no que concerne ao IVA - mas não funcionou. E porque é que não funcionou? Porque estamos em Portugal, onde nada funciona! Temos um orçamento para Educação igual ao Francês e mesmo assim o pessoal continua sem saber nada, para não falar em milhares de Comissões de Estudo e Institutos que são criados e subsidiados, mas nunca são dissolvidos. Alias, como somos um povo de brandos costumes e paninhos quentes, uma Comissão é a melhor maneira de não se ter de tomar decisões. Agora foram aumentados os meios para o combate aos incêndios mas, alguém tem dúvidas que este país só não vai arder todo, porque já ardeu em anos anteriores?
Há que admití-lo. Nós temos um grave problema em obter resultados.

Só conseguimos resultados se for um estrangeiro a marcar os objectivos. Geneticamente os portugueses estão programados para responder positivamente a todo o que for estrangeiro, sejam turistas ou sapatos.

Se o Benfica foi a Itália buscar o Trapatonni, porque é que nós estamos limitados a ter um primeiro ministro português? Porque é que não podemos ir à Finlândia contratar um governo, ou mesmo só um ministro? Da mesma maneira como há olheiros para o futebol podia haver para o Governo. Manda-se um olheiro à Lituânia onde um Secretário de Estado da Cultura está a fazer furor e contratava-se o tipo! Se isto agora é tudo Europa, se até temos televisão por cabo e já não existem passaportes porque é que havemos de estar limitados aos políticos nascidos em Portugal?

Por causa da Independência Nacional? Oh meus lindos, onde ela já vai.. Aliás, o grande estratagema dos Filipes foi deixar-nos acreditar que éramos independentes, para nos poderem usar como moeda de troca com as potências estrangeiras. E a ocupação inglesa, depois das guerras Napoleonicas? Se formos ver bem ainda não acabou... Por isso Portugal como nação independente é uma ilusão já há várias centenas de anos e não é isso que nos impede de ler Fernando Pessoa e assar sardinhas.

Para dizer a verdade este país só funcionou na Idade Media, quando eram todos broncos e ainda não havia cheques. Depois, com a primeira fase da Globalização (a que nós chamamos Descobrimentos) as coisas começaram a ficar muito complicadas, muito grandes, e já se sabe, Portugal é um país pequeno com gente pequena e perdemo-nos com aquilo tudo.

Contratar um tipo lá fora para mandar em tudo, até nem era uma novidade cá no burgo. Na Guerra da Restauração contratàmos um francês com nome alemão (devia ser para ser mais internacional) para comandar o Exèrcito e nas guerras napoleònicas a Corte foi para o Brasil e deixou cá um general inglês.

Naturalmente que um Primeiro-Ministro estrangeiro vinha com os boys dele, m as isso para nós não é novidade. Aliás até é capaz de ser melhor... É que ele traria boys para os jobs existentes, quando a moda cá é inventar jobs para os boys.

É que eu sou um patriota e gostava de ver se conseguíamos cá estar mais 800 anos...

(Publicado inicialmente em Maio de 2005)

3 Comments:

Blogger Belzebu said...

Boas noticias!!!

Freitas do Amaral acaba de se demitir! Aqui está uma boa oportunidade para testar a tua teoria e contratar-mos o antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros do Iraque! O pobre homem está desempregado e é uma garantia quanto á capacidade de defender causas perdidas com toda a dedicação!

eheheheh! Saudações!

1:52 da tarde  
Anonymous Sara said...

Como eu concordo contigo! Faz-me lembrar a célebre frase "Desta vez votem nas putas, que os filhos delas não fazem nada!".
Bj

7:19 da tarde  
Blogger Cris said...

Parece-me uma óptima ideia, ehehe
Só que como não há jobs, lá viria um ministro com os seus boys criar jobs para os mesmos...
Um beijo

7:21 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home